sexta-feira, 29 de maio de 2015

Brasão da Família Cunha

O sobrenome Cunha é mais antigo que o Reino de Portugal, ele teria surgido entre os séculos XII e XIII nos reinos de Leão e Castela, na região que depois se tornaria Portugal e coleciona várias possíveis origens para o apelido.
Os antepassados da família Cunha teriam vindo da Gasconha, uma região no sudoeste da França, e viria de Gasconha o nome Cunha. 
Um cavaleiro gascão chamado D. Guterres acompanhou o conde D. Henrique da Borgonha para ajudar o rei Afonso VI de Leão a conquistar o Reino da Galiza.
D. Guterres foi o pai de D. Paio Guterres da Cunha, do qual decorrem outras origens para o apelido Cunha. Teria D. Paio Guterres da Cunha, juntamente com o primeiro rei português D. Afonso Henriques, participado da tomada de Lisboa em 1147, e usando cunhas de ferro ele conseguiu quebrar a porta da cidade, outros dizem que ele conseguiu romper a porta que estava segura com cunhas de ferro, e ainda outra versão diz que D. Paio Guterres da Cunha usou cunhas para manter a bandeira do rei português de pé sobre uma das torres conquistadas, a bandeira já quase estava caindo por causa do vento, foi quando D. Paio enfrentou uma chuva de flechas para manter o estandarte erguido, nesse momento que o rei gritou "A cunha, a cunha!", dai viria o apelido.
O primeiro filho de D. Paio Guterres da Cunha chamado de Fernão Pais da Cunha foi o fundador da Quinta de Cunha-a-Velha, próxima a Guimarães, há quem diga que foi daí que veio o sobrenome Cunha, a Quinta de Cunha-a-Velha pode ter recebido tal apelido por causa das montanhas em forma de cunha que existem próximas a ela.
O brasão mais comum dos Cunhas encontra-se acima, com um campo de ouro com nove cunhas azuis, o timbre é um grifo de ouro com asas azuis, sendo que a parte de ouro coberta com cunhas azuis e as asas com cunhas de ouro. Abaixo outros brasões da família Cunha.

2 comentários: