sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Brasão da Família Oliveira e Brasão da Família Oliva

O sobrenome Oliveira e sua variação Oliva vêm das terras ibéricas e trazem consigo muitas especulações de qual seria sua real origem, uns afirmam que o sobrenome Oliveira vem de cultivadores de oliveiras, que desde a Era Clássica tinha grande influência, pois o azeite de oliva era importantíssimo para as civilizações clássicas, o azeite manteve seu valor durante a Idade Média, por isso a idéia de que cultivadores usassem o sobrenome Oliveira para indicar seu ofício.
Já outra versão diz que os primeiros a usar o nome Oliveira foram judeus convertidos, na tentativa de não criar problemas com a Igreja, na verdade sabe-se que durante a época da inquisição católica, muitos judeus, na península ibérica adotaram nomes de arvores para ser seu sobrenome.

Após a diáspora judaica muitas famílias judias se fixaram na península Ibérica, porém com o cristianismo as famílias continuaram sendo discriminadas, primeiro pelos romanos e depois pelos visigodos, mas quando os mouros dominaram a península as perseguições diminuíram, isso porque a religião islâmica permitia a liberdade de culto de cristãos e judeus, quando a península foi retomada pelos cristãos a tolerância em relação aos judeus se manteve por um período, em Portugal alguns judeus conquistaram lugares de prestigio na vida pública, mas isso desagradou a população cristã, recebendo pressão tanto interna quanto externa, o governo português iniciou efetivamente ações contra o judaísmo em meados do século XV enquanto na Espanha milhares de judeus eram mortos, muitos então foram buscar refugio em Portugal, foi quando o monarca português D. João II instituiu uma taxa aos imigrantes judeus que só poderiam ficar no país por oito meses, caso não partissem seriam vendidos como escravos. O sucessor de D. João II libertou os escravos, porém D. Manuel I decretou a expulsão de todos os judeus de Portugal, só permaneceriam no país aqueles que se convertessem, para evitarem a perseguição dos cristãos velhos os judeus convertidos adotaram apelidos que lhes permitissem uma certa anonimidade, teria Oliveira sido um destes.

Alguns acreditam até, que os membros da família Oliveira eram descendentes da tribo sacerdotal de Israel, os levitas, e que são descendentes do personagem bíblico Levi, um dos filhos de Jacó, já que em hebraico Levi se escreve Lvi, letras presentes na palavra OLIVEIRA, tornando assim uma forma de manter sua origem.

A família Oliveira de Portugal começou a habitar o Brasil, praticamente, desde os primórdios de sua história como colônia portuguesa, na verdade grande parte dos cristãos novos, como eram chamados os judeus convertidos ao catolicismo, imigraram para o Brasil nesse período. Esse sobrenome tem muitas variações, tais como Oliva, Olival, Olivera,Oliver, Olivares entre outras, algumas destas são espanholas e bem populares nos países hispânicos.





32 comentários:

  1. Estão querendo judaizar uma das famílias nobers da Europa, absurdo... então sobrenomes como Schneider( alfaiate), Schumacher( sapateiro) são judeus se pensarmos assim e eu te pergunto, se a família OLIVEIRA ERA JUDIA, COMO TINHA AMIZADE com reis? Os reis portugueses eram anti- semitas natos como D Manuel, D Diniz, d Afonso, etc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa abordagem!
      Gostaria que o senhor me mandasse as fontes se possível.
      [Se preferir pode ser no meu e-mail; walicxe@hotmail.com]
      Grata! Abraço!

      Excluir
    2. Desculpe não concordar. Quem lhe disse que os reis portugueses eram antisemitas? Isso não corresponde à verdade. Mesmo D. Manuel que os expulsou do país, fê-lo no âmbito de um acordo politico com os Reis Católicos de Espanha, esses sim antisemitas, que exigiram essa expulsão para se poder efectuar o casamento dos fiulhos de ambos. Mesmo assim, foi-lhes oferecida a reconversão para poderem aqui ficar e toda a gente sabia que os convertidos só o eram em aparência. Relembro que foi D. Manuel que mandou condenar à morte os religiosos responsáveis pelo massacre de cristãos-novos em Lisboa em 1506. Já agora que fala em D. Afonso, o responsável do Tesouro real era judeu...

      Excluir
    3. Boa Americo... os descendentes de Abraão são incontàveis estão espalhados pelo mundo inteiro e pra entender a saga do nosso povo tem que se estudar muito....

      Excluir
  2. Dá uma olhada nesse processo da Inquisição e tire suas conclusões:
    http://digitarq.dgarq.gov.pt/default.aspx?page=regShow&searchMode=bs&ID=2300343

    Havia Oliveiras judeus ou não?

    O fato é que sobrenome em Portugal não quer dizer nada. Os sobrenomes portugueses sempre foram compartilhados por pobres e nobres, cristãos, mouros e judeus. Então o fato de você ser Oliveira, por si só, não quer dizer nem que seja judeu nem que seja nobre. É preciso fazer a pesquisa genealógica.

    ResponderExcluir
  3. A interpretação das armas da família Oliva está completamente errada. Estas armas são apenas dos Olivas que se estabeleceram em Portugal (diferentes dos Olivas de Espanha) e representam um episódio verdadeiro.

    ResponderExcluir
  4. Penso que "judaizar" um nome não seja um absurdo e nem uma ofensa, tanto faz sob que nacionalidade se nasceu, o sangue do negro, do branco, do rico e do pobre assim como do judeu ou do grego são todos vermelhos e tem a única função de levar proteinas e oxigÊnio às células e tecidos. Orgulho de raça é besteira e é perigoso, lembram do que o Hitler fez em nome do orgulho racial?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Jorge. Uma pena ainda nos dias de hoje ouvir pessoas falando assim. Triste mesmo. O mais incrivel é que no Brasil é muito dificil e raro alguém ter uma "raça" pura, somos a maioria uma mistura de cores e culturas, o que nos torna tão "únicos". Meu avô era índio e como não tinha registro ele mesmo escolheu o nome Oliveira para si e fez seu registro.

      Excluir
    2. PARABÉNS JORGE PELA OTÍMA OBSERVAÇÃO

      Excluir
    3. Isso aí Jorge!
      Somos Oliveiras verdadeiras desde que sejamos verdadeiramente íntegros e honestos... Sangue é tudo vermelho mesmo... Eu sou vira lata... Sou neta de negro, branco e índio... Maior mistura...

      Excluir
    4. CREIO QUE OS AMIGOS NÃO ENTENDERAM NADA. CLARO QUE CONCORDO COM O JORGE SOBRE POLEMICAS RACIAIS, ENTRETANTO O QUE O AUTOR DO TEXTO ACIMA QUIZ MOSTRAR FOI APENAS A ORIGEM DO NOME OLIVEIRA INCLUSIVE COM A POSSIBILIDADE DE OS JUDEUS USAREM ESTE NOME PARA FUGIR DE PERSEGUIÇÕES, NESTE CASO NÃO SE TRATA DE ´´JUDAIZAR`` O NOME, E SIM, ´´DESJUDAIZAR`` OS JUDEUS. PRECISAMOS DEIXAR DE VER POLÊMICA EM TUDO, O TEXTO É APENAS HISTÓRIA, CULTURA, NÃO É POR CAUSA DELE OU DE UM SOBRENOME QUE SEREMOS MELHORES OU PIORES.
      ABRAÇOS A TODOS.

      Excluir
    5. um dia todos vão se encontrar no mesmo lugar, no dia do grande juízo.

      Excluir
  5. Bom, eu acho que essas pesquisas são superficiais e dizem pouco para tais afirmações...Já que nosso colega simplificou falando em montar a árvore genealógica, será que ele realmente sabe fazer uma?

    ResponderExcluir
  6. Antiguidades e literatura.vc precisa ser mais exato com sua questãopois ofato de ser ou não ser judeu e dai ser aceitopor reis de Portugal vai depender da epoca,pois se vós mece não sabe que alugou o Brasil por 10 anos foi um judeu conhecido Por Fernão de Loronha ou Noronha,hoje conhecido e nominando o arquipelogo de Fernando de Noronha, issoprova que nem sempre os judeus foram persseguidos em Portugal, vc precisa fazer referenciaa poca´.

    ResponderExcluir
  7. E no entanto, importante pensar que, se existe um Deus benevolente, justo e imparcial, as fantasias da chamada "BIBLIA SAGRADA" ou Harry Potter se os escritor resolvesse assim chamar tal livro, chega a tal absurdos de dizer em outras palavras que se geneticamente tiveres sangue judaico, segundo o tal livro seria o povo escolhido por deus,e se nao eres, as caldeiras do inferno lhes aguardam, independente da sua conduta,carater, crença ou doutrina, deus e um geneticista primeiramente, e mal a sorte do que nao nasceu naquela arvore genealogica citada pelo velho testamento,sera que bom senso sem fanatismo não seja o que falta a humanidade?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eis aqui um extremista, coitado!

      Excluir
    2. Montar a genealogia é muito difícil , estou
      tentando faz um tempão e só cheguei em uma tataravó
      materna, os ancestrais já morreram em sua maioria
      os registros se perderam, os sobrenomes mudavam mas
      no final somos todos irmãos humanos não importa o
      sobrenome.....mas estudar a história é muito legal.

      Excluir
    3. A PRIMEIRA COISA QUE ADMIRO NUM SER HUMANO É QUANDO ELE SABE RESPEITAR OPINIÕES E CRENÇAS DE OUTRAS PESSOAS, MESMO QUE NÃO CONCORDE COM ELAS, A SEGUNDA COISA É A PESSOA SABER O QUE ESTÁ FALANDO PARA PODER DÁ O SEU PITACO NO ASSUNTO. CARO AMIGO A BÍBLIA QUE VOCE TÃO DESRESPEITOSAMENTE CITOU É DIVIDIDA EM DUAS PARTES, O ANTIGO E O NOVO TESTAMENTO,OS AUTORES DO ANTIGO TESTAMENTO ACREDITAVAM QUE DEUS TINHA UM POVO ESCOLHIDO, SEPARADO. JÁ NO NOVO TESTAMENTO JESUS VEIO MOSTRAR O CONTRARIO, TANTO QUE QUANDO ELE PARTIU, UMA DAS ORDENS QUE DEIXOU AOS SEUS SEGUIDORES FOI: IDE E PREGAI O EVANGELHO A TODOS OS POVOS ATÉ OS CONFINS DA TERRA.
      UM GRANDE ABRAÇO E QUE DEUS LHE DÊ CONHECIMENTO E SABEDORIA.

      Excluir
  8. odoro ser luciene de oliveira santos de lima amo o meu oliveira o restante é complemento fico triste do meu filho não ter poder ter meu oliveira pois é um nome que adiqueri do meu pai e minha mãe não tem minha mãe é bernardo da silva o santos ela adiqueriu do meu pai.comclusão eu só tenho o sobrenome do meu pai kkkkkk minha mãe ficou irada!lima do meu esposo.meu filho é santos de lima fiquei tão triste tinha que ter o da avó minha é viúva e não casou novamente para não perder o nome que nos unem.é interessante valeu meu oliveira kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. você sabia que poderia ter pedido no cartório quando foi registrar teu filho, para que conservassem o teu sobrenome juntamente com do teu marido!!!

      Excluir
  9. Mario Sergio Rodrigues de Oliveira 07 de abril de 2013 é muito interesante ter dois sobrenomes rodrigues e oliveira e saber que todos os dois sobrenomes foram adotados por judeus gostaria de saber se tenho ou se sou decendente de familia judia.

    ResponderExcluir
  10. Antiguidade e Literatura, sinto informa-lhe que Oliveira é sim sobrenome judeu, sou de família judia da ordem dos Cohen (sacerdotes Levitas) e adotamos o sobrenome Oliveira primeiro porque nós os judeus somos relacionados na Torá como a Oliveira e segundo porque no próprio nome há o nome Levi, não se esquecem que é de costume judeu escrever nossas histórias através dos tempos e minha família detêm um enorme livro de muitas páginas esse livro tem uns 70 centímetros e conta a história de meu povo desde os primórdios e nele se tem várias línguas e dialetos de forma que nem mesmo nós que somos os donos compreendemos tudo que nele está.

    Mas pode ter certeza que as línguas modernas e algumas antigas compreendemos e não é de se estranhar que neste livro tenha a história dos "Oliveiras".

    ResponderExcluir
  11. Eu sou alemão e gostei da explicação, vai me ajudar muito..

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Thiago, olá. Bem eu sou portuguesa (e com muito orgulho! eh eh :P) e sou -de Oliveira Gonçalves. Fascino-mo por história e pelas origens, e as minhas não são excepção. Falas-te sobre o livro que a tua família detém e fiquei extremamente curiosa e interessada sobre a existência de tal livro e a informação que nele contém. Será que poderias nos falar um pouco mais sobre o conteúdo desse livro e, obviamente, o que diz em concreto sobre os de Oliveira? podes escrever aqui e partilhar com todos, ou então escrever-me um mail, se te for mais cómodo.
    também quero dizer que gostei da explicação e que concordo com o que o Gilmar comentou, nas 2 vezes. Um abraço.

    ResponderExcluir
  15. Bua rsrsrs não tenho Oliveira mas meu sangue mistura Oliveira, Lima, Rego, Barbosa, das Flores, do Nascimento, Sou Márcia Cristina Barbosa Rego filha Paulo Cesar de Oliveira Rego e Francisca de Lima Rego, parte pai avô José Vicente Rego, pais avô José Camilo do Nascimento e Alexandrina Rego e Avó parte pai Nadir D'Oliveira Rego e pais dela João de Oliveira Rita Cota de Oliveira e parte Mãe sou neta Iracema Barbosa das Flores e neta Francisco Fernandes de Lima nosso Brasil e mistura raças me adicione teu Facebook Flor Brasil ou marciabrasil2016@hotmail.com Beijinhos!

    ResponderExcluir
  16. G.Guedes de Oliveira-16-12-2013-

    Thiago,podes falar mais a respeito do conteúdo deste livro.
    Meu email:
    Gerson.g20@gmail.com
    Desde já te agradeço,shalom.

    ResponderExcluir
  17. Gostei, bem interessante...posso ter descendência judia. Vou pesquisar mais.
    Obrigada!

    ResponderExcluir