sexta-feira, 1 de abril de 2011

Brasão da Família Barroso e Brasão da Família Bastos e Bairros



O nome Bastos é de origem portuguesa e teria surgido na referência aos povos Bastetanos, também chamados de Bástulos, que habitavam a Bastia, um território no sul da Península Ibérica, pessoas deste povo teriam imigrado para uma região no norte do atual Portugal, esta região então passou a se chamar Terra de Basto, atual concelho de Celorico de Basto e Cabeceiras de Basto. Dessa forma o sobrenome Bastos é de origem toponímica, os habitantes da Terra de Basto adotaram seu nome como apelido.
Quanto ao sobrenome Barroso, ele teria surgido entre os cavaleiros governantes de regiões na Terra de Basto, o primeiro a usar o apelido foi Egas Gomes Barroso, senhor de Refojos de Basto, descendente de nobres do Condado Portucalence, as terras os norte de Refojos de Basto se chamavam Terras de Barroso, atuais concelhos de Montalegre e Boticas, assim como o sobrenome Bastos, o sobrenome Barroso é de origem toponímica e por muito tempo se acreditou que as duas famílias tivessem a mesma origem, por isso ambas dividiam o mesmo brasão, de vermelho com cinco leões de ouro faixados de azul. Com o tempo a família Bastos ganhou seu brasão, o sobrenome Bastos passou a ser assimilado à palavra latina basto, que significa bastão, por isso seu brasão tem três bastões de madeira negros sobre um campo dourado, porém este brasão também está associado à família Bairros que seria uma variação do sobrenome Bastos.

16 comentários:

  1. Fico feliz em saber que a Familia Bastos tem um Brasão diferente ( e Belissimo por sinal ).
    Mesmo assim acho que devemos ater os laços fraternais, pois historicamente sabemos que somos uma só familia, nascida de dois irmãos, um que levou por sobrenome "Bastos" e o outro "Barroso"

    Atenciosamente:

    Deivison Alves Barroso

    ResponderExcluir
  2. Ola a todos!
    Alguma coisa aqui me está fazendo confusão, como podem os da Família Bastos terem a indecência de esquecerem que a origem do Nome Bastos vem da deturpação de BASTO, que continua a ser nome de Terras de Basto, e de muitas Famílias Basto. Justiça seria repor a verdade nas origens do nome.
    Pois a Família Basto sente-se roubado dos seus direitos naturais...
    Gomes Viegas de Basto teve provavelmente cinco filhos, três dos quais receberam o sobrenome e transmitiram-no aos seus descendentes até os dias de hoje.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Outra referencia sobre a origem do nome BASTO.
    Segundo genealogistas, esta família descende de D. Egas Gomes Barroso, pai de D. Gomes Diegas de Basto, primeiro a usar este sobrenome, que viveu em Cabeceiras de Basto onde possuía muitas terras. D. Gomes Diegas de Basto viveu durante os reinados de D. Afonso II, D. Sancho II e D. Afonso III. Esteve com embaixador Rui Gomes de Briteiros no Concilio de Leão em 1245, onde depôs o rei D. Sancho II e se nomeou governador do reino o seu irmão. Outra antiga referencia a este nome é o registro de Balthazar de Basto (1626 – 1700), religioso e teólogo português.
    fonte: The Historical Research Center

    ResponderExcluir
  5. Bairros seria equivalente a atual família Barros? Ótimo trabalho que poderia ser complementado com os comentários postados aqui se os dados forem fidedignos.

    Aníbal Sales O. Bastos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, eu sou Bairros.. são coisas separadas eu acho

      Excluir
  6. Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Minha bisavó é Joana Servilha Barroso !

      Excluir
  7. eram foragidos da Prisão de Bastilha e por isso chamados de bastos , se espalharam pelo Norte de Portugal nessa região e dai gerou o nome.

    ResponderExcluir
  8. Família #Barroso essa é a minha, meus bisavôs eram Italianos.Mais como explica no texto acima é de Portugal, mt interessante.

    ResponderExcluir
  9. ATÉ ONDE EU SEI SOU UMA BASTOS TAMBÉM, MEU PAI ERA JULIOBASTOS E MEU AVÓ ERA ANTONIOJOAQUIMBASTOS E MINHA AVô ROSALINAPEREIRA. MEUS BISSAVÓS ERAM CARMONAPOLITANO E ANGELINA RISTAINO. TDS DE JACUTINGA MG. TRABALHAVAM NUMA FAZENDA DE CFÉ.
    É SÓ QUE SEI GOSTARIA DE SABER MAIS .OBRGADA

    ResponderExcluir
  10. Olá, sou Adriano Sacramento Bastos, e pelo pouco que sei, meu tataravô, chegou pela bahia de Vitória -ES, junto com outros imigrantes, vindo de Portugal, crusando o Estado até a região do Estado de Minas Gerais; lá constituiu sua família, seu filho Sebastião Bastos, viveu na regiao de Aymores, um de seus filhos, Sebastião Bastos Filho (meu avô), pegou a sua família e voutou para o Estado do Espirito Santo - Municipio de Cariacica - Bairro Alto da Boa Vista - contruiu e deu continuidade a sua vida; eu sou filho de Genair Jorgr Bastos, um de seus 7 filhos.

    ResponderExcluir