sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Brasão da Família Amorim e Brasão da Família Morim


O sobrenome Amorim é toponímico e surgiu na Galiza, num lugar chamado Amorim próximo à cidade de Tui, desta família descende também a família Morim. O sobrenome Amorim passaria a Portugal por várias vezes e por diversos ramos da família, como o que passou durante o reinado de D. João I, por meio de Hilário de Amorim que foi primeiro senhor da Torre de Amorim, este se fixou em Ponte de Lima e estava a serviço do duque de Lancastre.
Em Portugal há uma freguesia chamada Amorim, cujo nome é de origem latina e significa "local de amar ou dos amantes", as primeiras citações da freguesia de Amorim datam do século XI, sendo citada também nas Inquirições de 1220.
O brasão dos Amorins é em vermelho com cinco cabeças de mouros decapitadas sangrando postas em sautor, alguns as representam com toucado de azul e prata com as barbas de ouro.

14 comentários:

  1. Antes de mais, gostaria de congratular o criador deste blog pela iniciativa de o ter criado, e pelo trabalho em enriquecê-lo e mantê-lo.

    Não posso deixar no entanto de comentar este post em particular. Gosto muito de Genealogia, embora tenha muito pouco tempo neste momento para aprofundar a minha árvore. Sou membro da família Morim, e sempre me deparei com uma grande falta de informação sobre esta família, na internet e literatura.
    Mas tenho a forte sensação, pela minha experiência de vida, que Morim não é uma variação COMUM do apelido Amorim. Não posso afirmar nem desmentir que a família Morim deriva da família Amorim. Mas posso e quero acrescentar que a família Morim parece estar menos difundida (pois a maior parte continua a viver na Póvoa de Varzim e Vila do Conde) e menos numerosa (basta fazer uma busca por nome nas páginas brancas), a nível nacional, que a Família Amorim.

    Cumprimentos cordiais

    Tiago Morim Matos

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. sempre fui muito curioso sobre o meu sobrenome ... amo ser AMORIM

      Excluir
  3. Como eu faria para descobrir se faço parte de tão tradicional família.
    Thadeu pablo amorim.

    ResponderExcluir
  4. Adorei o Blog e gostaria de saber mais sobre a família.
    Necionita Ferreira de Amorim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também tenho Ferreira de Amorim na minha familia, de onde a sua é?

      Excluir
    2. Também tenho Ferreira de Amorim na minha familia, de onde a sua é?

      Excluir
  5. Está fantástico o blog, parabéns ao autor!
    Gostei de saber um pouco mais sobre o meu sobrenome.
    Sei, agora, que os meus antepassados estabeleceram-se em Trás-os-Montes :)

    ResponderExcluir
  6. gostei de saber o significado do meu sobrenome

    ResponderExcluir
  7. Faço muito gosto em fazer parte da família Amorim.

    ResponderExcluir
  8. Sou Amorim brasileiro, gostaria de saber se há ligação com o Amorim português.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, você pode ter alguma ligação com o Amorim portuguesa. Famílias portuguesas se estabeleceram no Brasil desde o século XVI, sendo estes os desbravadores que vieram colonizar estas terras. Durante o século XIX houve um grande fluxo de famílias que imigraram da Europa para o solo brasileiro, se estabelecendo principalmente nas regiões sudeste e sul, para ocupar as áreas inabitadas do país e substituir o trabalho escravo nas fazendas.

      Excluir