sábado, 25 de março de 2017

Brasão da Família Carvalhosa e Palhavã

A família portuguesa Carvalhosa é de origem toponímica e indicaria uma pessoa vinda de um lugar com muitos carvalhos. O sobrenome nasceu na Quinta de Carvalhosa no concelho de Santa Cruz de Riba Tâmega, atual concelho de Amarante, no Norte de Portugal.
A família Carvalhosa se ligou por matrimônio a família Palhavã passando a usar suas armas, em azul com um feixe de trigo de ouro, atado de vermelho e acompanhado de quatro torres de prata, iluminadas e lavradas de negro, acantonadas.
Os Palhavãs descendem de Joane Anes Palhavã, que tomou o nome de um local próximo a Lisboa, na freguesia de Nossa Senhora de Fátima. O nome Palhavã significa “casa coberta de palha e sem forro”.
A neta de Joane Anes Palhavã chamada D. Brites Palhavã contraiu matrimônio com Lourenço Álvares de Carvalhosa, destes nasceu Gomes Lourenço Palhavã, copeiro-mor do rei D. João I e senhor das terras dos Carvalhosas e Palhavãs que passaram a usar o mesmo brasão, visto que foram reunidas as duas famílias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário